Home » Notícias » Visita de Especialista em Turismo Rural da USP

Visita de Especialista em Turismo Rural da USP

No dia 26/06/2018 o Curso de Turismo da UERJ Teresópolis recebeu a visita da professora doutora da USP Karina Solha. Ela desenvolveu sua livre docência também na USP pesquisando sobre turismo rural.

No começo do dia, um grupo de pesquisadores levou a docente para conhecer o trabalho de turismo rural realizado pelo Programa de Turismo Solidário da UERJ em parceria com a Associação Rede Brasilidade Solidária em Santa Rita, mais especificamente no entorno ou na zona de amortecimento do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, uma região muito bonita do município de Teresópolis.

Vejam quais os sítios que fazem parte da pesquisa até o presente momento:

Na ocasião visitamos três propriedades. Começamos no sítio Boaventura, gerenciado por um agricultor dedicado ao cultivo orgânico desde quando sofreu envenenamento trabalhando com agrotóxicos.

Em seguida, fomos para o sítio do Mateus. Ele pode ser considerado um neorural. É formado em Biologia pela UNIRIO e mestre em ciências de florestas tropicais pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Seu trabalho é focado na construção de um sistema agroflorestal. Após o almoço, onde experimentamos um saborosa salada com plantas alimentícias não-convencionais, fomos para o sítio do Valdecy.

No sítio do Valdecy, que também pode ser considerado um neorural, conhecemos seus planos para receber mais pessoas melhorando a infraestrutura do seu sítio e sua futura plantação de lúpulo.

Terminamos o dia com a palestra da professora Karina no Departamento de Turismo da UERJ. A docente falou sobre as transformações agrárias no Brasil contemporâneo, chamou atenção para as idealizações que fazemos sobre a vida no campo, sobre os estereótipos e preconceitos e disse que para avançarmos no desenvolvimento do turismo rural é necessário pensarmos em conjunto e formarmos redes para disseminação das propostas inovadoras.

Uma resposta .

  1. Parabéns pela iniciativa, e é muito bom saber que existem pessoas novas que acreditam no potência do cidadão Rural.

    Parabéns.